APRESENTAÇÃO


Kartas de Uma Boneka Viajante, inspirado na obra literária Kafka e a Boneca Viajante, do escritor espanhol Jordi Sierra i Fabra, narra o encontro de um desiludido escritor, com uma criança que chora por que perdeu sua boneca. Para alegra-la, inventa uma história dizendo que a boneca não se perdera, que estava apenas viajando. Resolve, então, criar cartas imaginárias escritas pela boneca, endereçadas à menina, contando sobre as aventuras em suas viagens, transformando-se, assim, em um carteiro de bonecas viajantes. A primeira carta da boneca à menina é um pedido de desculpa pelo seu abrupto desaparecimento, revelando-lhe sua necessidade de partir para descobrir novos mundos e crescer. As demais cartas mantém o vínculo da amizade, descrevendo-lhe o mundo de aventuras para que a menina pudesse compartilhá-lo. A última, uma bela despedida, confortante, libertando-a de suas carências e inseguranças.
Tal inusitada situação teria acontecido com o escritor Franz Kafka, um ano antes de sua morte, segundo relatos de sua companheira Dora Dymant. Tais cartas nunca foram encontradas, mas constituem um dos mistérios mais belos da narrativa do século XX e nos motivaram a imaginá-las e recriá-las, através desta proposta cênica.
Neste encontro de um adulto com uma criança, onde o primeiro, que se encontra desiludido e deprimido é tocado pela pureza dos sentimentos e crença no mundo imaginário de uma criança, abordaremos temas como o respeito do adulto diante do mundo da criança, bem como o convívio criativo de duas gerações pode ser saudável para ambos os lados, devolvendo ao adulto, a esperança de vida, promovendo o afeto e o amor por meio de inusitadas histórias, que ressignificam o ser “adulto”, aproximando-o do universo da criança. Além disto, podem-se revelar, na relação da menina e da boneca, experimentando a ausência física do afeto fraternal, grandes ensinamentos sobre a amizade e a liberdade. Estes são os objetivos traçados pelo tema desta montagem.

A Cia. do Abração propõe um espetáculo de atores, onde a palavra e a fisicalidade dos corpos dos atores tem a mesma importância, força e intensidade, incluindo estéticas do teatro de sombras, abstração de objetos, música e construções coreográficas. Tudo para construir uma dramaturgia e encenação lúdicas, que aportem conteúdo e surpreendam o espectador, através de uma estética brincante e criativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário